Londrina (43) 3338.5738
Toledo (45) 3378.1202
Passo Fundo (54) 3315.7604
Preços Em Queda E Desaceleração Do Mercado Exige Planejamento E Eficiência No Campo

Preços em queda e desaceleração do mercado exige planejamento e eficiência no campo

A Safra 2014/2015 vai exigir muito cuidado do produtor no que diz respeito a sua viabilidade: os gargalos logísticos, a previsão de queda no valor das exportações por conta da competitividade do mercado, demanda em pequena retração e oferta em crescimento, leva técnicos e produtores ao monitoramento constante dos preços no mercado.

Uma preocupação crescente no setor é com os custos de produção, principalmente com o preço dos insumos, que apesar de terem caído levemente nos últimos meses não impactam diretamente os custos da produção da safra 2014/2015, visto que muitos produtores já haviam adquirido tais insumos antecipadamente.

Em reportagem à Gazeta do Povo, José Rocher coloca: “A questão é que, diante do novo patamar das cotações internacionais das commodities, a relação de forças entre receita e despesas se refaz e os próprios planos de expansão acabam sendo revistos. Sem deixar de lado sua rotina de trabalho, o agronegócio assume, pouco a pouco, nova posição”.

Isso leva a uma reflexão sobre a importância do planejamento e diagnóstico. Realizar análises de solo, efetuar corretamente a aplicação de cálcio e magnésio a fim de corrigir a acidez, e monitorar adequadamente a nutrição das plantas, via análise foliar, é um investimento muito mais racional e necessário nessa nova posição da agricultura.

O produtor que planejou suas ações e irá investir no diagnóstico e na correção das deficiências apontadas pela planta, adquirindo apenas os insumos que são de fato necessários à sua produtividade deverá ganhar competitividade e aumentar seus ganhos, enquanto aqueles que adquirem insumos às cegas, na ânsia de comprar antecipadamente para garantir o ‘preço’ e a ‘disponibilidade’ poderão ver agora seus colegas comprarem apenas o que precisam, sem desperdício de recursos, por um preço menor do que foi pago meses atrás.

Quem terá melhor resultado? Certamente quem pensou na racionalização dos recursos, que preparou adequadamente o solo, e irá adquirir apenas o que a planta mostrar na análise foliar que está precisando. Um pequeno investimento em diagnóstico que deverá trazer economia, competitividade e lucratividade.

Fonte: Gazeta do Povo

Laborsolo Laboratórios

A Laborsolo Laboratórios atua a quase 30 anos com Análises Agronômicas. Nosso portfólio é amplo (solo, folha, alimento animal, água, fertilizantes e corretivos) e estamos focado no desenvolvimento de tecnologias que auxiliem no dia a dia do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *