Amassamento

Você já calculou os dados causados pelo amassamento dos pneus?

Recentemente foi publicado um artigo no Portal Mais Soja que pode nos levar a uma reflexão muito importante! Você já parou para pensar nos dados causados pelo amassamento dos pneus no momento da aplicação de fertilizantes, herbicidas, fungicidas e inseticidas?

No artigo em questão os pesquisadores Mateus Zanatta (Pesquisador de Passo Fundo) e Erlei Melo Reis (Professor do Programa de pós-graduação em Manejo de doenças da Universidade de Buenos Aires) apresentam um Cálculo do dano e da perda causados pelo amassamento dos pneus do equipamento de pulverização nas culturas da soja e do trigo.

Eles questionam que safra-após-safra, os agricultores calculam seus custos: defensivos, combustível, mão-de-obra, mas se esquecem por exemplo de calcular os dados/perdas que ocorrem em função das pulverizações, que causam o amassamento da cultura pelo rodado do equipamento.

No artigo eles apresentam um cálculo simples, bem geral, que vai depender (é claro) do equipamento e do método utilizado.

Os dados, no caso da soja, poderiam chegar a 115,2 kg/ha o que representaria algo em torno de R$ 124,80/ha.

Agora você já parou para pensar na compactação que a entrada sucessiva do maquinário provoca no solo? Aplicação de corretivos, semeadura, aplicação de fertilizantes sólidos, aplicação de fertilizantes foliares, pulverização de herbicidas, fungicidas e inseticidas, colheita…

Os custos são altos: São muitas horas de máquinas, mão-de-obra, muito combustível, compactação do solo e amassamento de plantas. Mas então qual a saída?

A primeira coisa a se fazer é acompanhar de perto o estado físico do solo, realizar anualmente a análise física para detectar os primeiros sinais de compactação e tentar racionalizar o uso do maquinário, diminuindo o número de entradas das máquinas no campo.

Entre em contato com nossa equipe e saiba mais!

Laborsolo Laboratórios

A Laborsolo Laboratórios atua há 30 anos com Análises Agronômicas. Nosso portfólio é amplo (solo, folha, alimento animal, água, fertilizantes e corretivos) e estamos focado no desenvolvimento de tecnologias que auxiliem no dia a dia do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *