Londrina (43) 3338.5738
Toledo (45) 3378.1202
Passo Fundo (54) 3315.7604
Mip

MIP pode melhorar rentabilidade do campo

Com a baixa nas cotações e a revisão da expectativa da safra norte-americana para um novo recorde (totalizando 106,88 milhões de toneladas) a preocupação dos produtores com os custos de produção aumentam.

Já falamos anteriormente na necessidade de estar atento na compra de fertilizantes e na correção da acidez do solo, ações que podem ser otimizadas com um bom diagnóstico de solo e folha.

Nesta semana a Emater e Embrapa Soja (PR), bem como a Aprosoja, disponibilizaram ao mercado informações importantes sobre o Manejo Integrado de Pragas e Doenças.

A Aprosoja deu o alerta de que o MIP é essencial para uma boa safra: “Os custos de produção estão bastante altos nesta safra e não podemos brincar. Monitorar e controlar são palavras-chaves”, reforça Nery Ribas, diretor técnico da Aprosoja-MT.

Enquanto isso a Emater e a Embrapa divulgaram dados do estudo realizado na safra 2013/2014. A publicação “Resultados do Manejo Integrado de Pragas da Soja na Safra 2013/2014 no Paraná” demonstra que as áreas onde não houve controle e manejo integrado de pragas, utilizando-se apenas do uso de agroquímicos, foram realizadas em média 5 aplicações, número similar ao que se era utilizado na década de 1970, quando não se havia tantos estudos e produtos de ponta quanto hoje.

Esse número elevado de aplicações é preocupante pois reduz a lucratividade da área. Os dados do estudo demonstraram que nas áreas onde houve a utilização do MIP o número médio de aplicações foi de 2,3.

Segundo Osmar Conte da Embrapa, essa redução pode gerar uma economia equivalente a 2,5 sacas de soja por hectare. Nessas áreas com MIP a primeira aplicação ocorreu com 54 dias, já nas áreas sem MIP a primeira aplicação foi com 25 dias.

O alerta que fica para essa safra 2014/2015 é diagnóstico! Diagnóstico do solo, diagnóstico através da análise foliar e Diagnóstico para aplicação de inseticidas e fungicidas também através do manejo e monitoramento da área. Mais trabalho no campo será sinônimo de lucratividade.

Laborsolo Laboratórios

A Laborsolo Laboratórios atua a quase 30 anos com Análises Agronômicas. Nosso portfólio é amplo (solo, folha, alimento animal, água, fertilizantes e corretivos) e estamos focado no desenvolvimento de tecnologias que auxiliem no dia a dia do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *