Londrina (43) 3338.5738
Toledo (45) 3378.1202
Passo Fundo (54) 3315.7604
Glifosato

OMS autoriza o uso do Glifosato até 31 de dezembro de 2017

O clima de insegurança que rondava o mercado agrícola quanto ao uso do herbicida Glifosato acabou. O prazo para a renovação da autorização de uso do herbicida vencia no último dia 30 de junho, data em que a comissão européia se reuniu em Genebra (Suiça).

De acordo com a diretora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Margareth Chan, a aplicação do herbicida foi prorrogada por mais 18 meses. Para o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, a decisão libera a produção brasileira do clima de insegurança.

“A diretora-geral entendeu a importância do glifosato para a agricultura mundial. Antes de se estabelecer claramente se um produto é perigoso, é necessário avaliar cientificamente qual o seu risco para a saúde humana. Não se pode banir um produto largamente utilizado pela produção agrícola, e que contribui para sua produtividade, sem critérios científicos”, disse Novacki, que participou da reunião, na semana passada.

Segundo Novacki, a diretora-geral da OMS vai acompanhar os estudos e já adiantou que concorda com essa posição. “Temos que evitar as manifestações que tragam insegurança e gerem especulações que desequilibram o mercado agrícola e colocam em xeque a segurança alimentar mundial”, alertou Margareth Chan.

Em maio passado, depois de uma avaliação conjunta, especialistas da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) e da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgaram que o glifosato, herbicida mais amplamente utilizado no mundo, provavelmente não representa risco de câncer.

Laborsolo Laboratórios

A Laborsolo Laboratórios atua a quase 30 anos com Análises Agronômicas. Nosso portfólio é amplo (solo, folha, alimento animal, água, fertilizantes e corretivos) e estamos focado no desenvolvimento de tecnologias que auxiliem no dia a dia do Agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *